Esportes marítimos

Esporte marítimo não deve ser confundido com esporte aquático, embora ambos façam uso do meio aquático para serem praticados, no entanto, o primeiro refere-se aos esportes praticados essencialmente em zonas marinhas, diferente dos esportes aquáticos que englobam piscinas, lagos e rios. Sendo assim, para facilitar a compreensão do leitor, este texto foi dividido em categorias.

1) Esportes com uso de prancha

Quando se fala em uso de pranchas logo vem à mente o surfe, o qual é o mais antigo dos esportes marítimos nesta categoria, remontando aos havaianos, apesar que o surfe como conhecemos hoje, seja uma criação do século XX, popularizando-se a partir das praias da Califórnia, nos Estados Unidos.

A partir do surfe uma variedade de esportes de prancha foram surgindo no século XX como o bodyboard (surfe deitado), kitesurfe (surfe com pipa), windsurfe (prancha com uma pequena vela), stand-up paddle (prancha com um remo para navegar), waveski (prancha com remo para surfar) tandem surfe (feito em dupla e com performance acrobática), entre outras variedades. Apesar desses outros esportes de prancha, o surfe ainda é o mais reconhecido e popular no mundo.

Homem praticando Kitesurfe.

2) Esportes náuticos

Consistem nos esportes que fazem uso de embarcações, estando essa categoria dividida em três subcategorias: embarcações movidas a remo, vela e motor. Na primeira subcategoria temos as práticas do remo, canoagem e caiaque, apesar de esses fazerem uso de pequenas embarcações como canoas, caiaques e barcos, em que transportam um, dois ou mais atletas, os quais remam, existem variações na forma como se rema.

Equipe feminina de remo.

A segunda subcategoria é das embarcações movidas a vela, que incluem várias modalidades de veleiros e iates, desde os que transportam apenas um atleta, passando para os de dois ou até levando uma equipe. Assim como o remo, as competições de veleiro e iate são antigas, antecedendo o século XIX, embora não fossem regulares, e feitas mais para o lazer.

Uma competição de iatismo.

A terceira subcategoria são das embarcações a motor, que inclui o jet-ski. Apesar desse veículo normalmente ser associado com o passeio ou mobilidade dos guarda-vidas e da polícia costeira, entretanto, existem campeonatos de jet-ski, que incluem diferentes modalidades de corrida e até competições de saltos acrobáticos. Vale ressalvar que os jet-skis usados nesses esportes são diferentes dos usados convencionalmente, por serem mais leves e mais potentes.

Não obstante, nesta subcategoria também se inclui as corridas de lancha e barco, que podem ser feitas com embarcações comuns ou embarcações apropriadas para essas práticas esportivas, havendo diferentes modalidades baseadas no tipo de embarcação e a potência de seus motores.

Uma lancha de corrida

3) Natação

Embora a natação seja normalmente associada com piscinas, no entanto, pode-se nadar em quase qualquer meio aquático. No caso, existe a modalidade de natação marítima ou natação de águas abertas, que inclui nadar em lagos e alguns rios sem correnteza forte. Neste caso, esse tipo de natação é mais difícil do que a praticada nas piscinas, pois nadar no mar inclui algumas variantes como correntezas, ondulações, clima, temperatura da água.

Algumas competições de triatlo e pentatlo, inclui a natação marítima. No caso, destaca-se o pentatlo naval, modalidade normalmente praticada por atletas militares, que inclui variações de natação, como a natação com obstáculos. O pentatlo naval além de ser uma competição esportiva, também serve para treinamento militar.

Maratona aquática realizada no mar.

Além disso, algumas competições de resistência como a Maratona Aquática (10 km de percurso), o Triatlo Ironman, que inclui nadar 3,8 km de distância. Essas duas competições podem ser realizadas no mar, ou em lagos e rios.

4) Pesca esportiva

Embora a pesca seja uma prática antiga, existindo a milhares de anos, entretanto, ela possui suas modalidades desportivas. A pesca esportiva é voltada para profissionais que usam equipamento especializado e se submetem as normas de cada modalidade, embora ela seja confundida com a pesca recreativa, mas existe diferença, pois a segunda é para lazer.

Há diferentes modalidades de pesca esportiva, a qual pode ser praticada no mar, mas também em lagos e rios. Aqui se inclui modalidades que fazem uso de barcos pequenos, movidos a remo ou motor, ou barcos maiores. Também pode ser o caso de se pescar a partir de terra firme ou alguma plataforma.

Pesca esportiva em alto-mar.

Além disso, a forma de como pescar também consiste numa variação de modalidade, ou seja, fazer uso de vara de pesca e arpão, e até mesmo existem modalidades pouco usuais como pesca com lança, arco e flecha, etc. Inclui-se também a pesca submarina ou subaquática.

5) Mergulho esportivo

O mergulho é outra prática esportiva, diferente do que se pensa, não é apenas o simples ato de mergulhar, existe uma série de especificações e normas para a prática de mergulho no intuito esportivo. Algumas das normas também são aplicadas para o mergulho por lazer e trabalho, especificamente as normas de segurança.

Assim, temos modalidades que fazem uso de snorkel, cilindro de oxigênio e de técnicas, como o mergulho em apneia, praticado para maiores profundidades. O mergulho esportivo é um esporte de risco e difícil, pois requer treinamento intenso. Os praticantes, instrutores e avaliadores devem possuir treinamento e licenças para atuar nas competições.

6) Esportes de reboque

Consistem em esportes aquáticos em que o praticante é rebocado por uma embarcação. O primeiro esporte desse tipo foi o esqui aquático, surgido na década de 1920 para fins de lazer e exibição em eventos, depois se tornou uma modalidade esportiva, hoje existindo campeonatos. O esqui aquático inclui apresentações performáticas solo, em dupla ou em equipe. Inclusive a variações que incluem um só esqui.

Homem praticando esqui aquático na variação de um só esqui.

No final dos anos 1970 surgiu o wakeboard, o qual faz uso de uma prancha inspirada na usada no snowboard, para ser arrastado pela água e fazer manobras. A partir desse esporte surgiu uma variação que é o wakeskate, que utiliza uma prancha menor e faz uso de manobras diferentes, algumas inspiradas no skate.

Estes três esportes podem também serem praticados em grandes lagos e até em rios largos e de águas calmas. Essencialmente consistem em esportes voltados para manobras e acrobacias, aproveitando a velocidade dos barcos.

Wakeboard

Referência

https://en.wikipedia.org/wiki/List_of_water_sports

https://en.wikipedia.org/wiki/List_of_water_sports
Leandro Vilar
Leandro Vilar

Sou historiador, professor, escritor, poeta e blogueiro. Membro do Museu Virtual Marítimo EXEA, membro do Núcleo de Estudos Vikings e Escandinavos (NEVE).

Artigos: 28
plugins premium WordPress

E-mail

contato@museuexea.org

Endereço de Correspondência

Avenida Governador Argemiro de Figueiredo, 200 - Jardim Oceania, João Pessoa/PB - Caixa Postal 192